Retirada de Tatuagens

Postado em 02/dez/2019

Os métodos terapêuticos tradicionais para remoção de tatuagem incluem cirurgia (exérese), dermoabrasão, salabrasão, criocirurgia e a laserterapia. Com a exceção dos lasers não-ablativos, esses métodos frequentemente resultam em cicatrizes.

O laser é o método mais utilizado. De acordo com o princípio da fototermólise seletiva, o laser ideal deve penetrar na pele, passando pelas camadas superiores da derme sem nenhum dano, para ser seletivamente absorvido pelo pigmento da tatuagem. Essa energia a laser provoca a fragmentação do pigmento da tatuagem em partículas menores, que são então removidas pelo sistema imune (do próprio organismo), sem dano aos tecidos adjacentes. Esta técnica utiliza lasers que atingem um alvo específico. Ou seja: no caso das tatuagens coloridas, para cada grupo de cores, será usado um tipo diferente de laser.

A duração do tratamento varia conforme o tamanho da tatuagem, as cores e o tipo de tinta empregado. Em geral, tatuagens amadoras são mais fáceis de remover. Já as para tatuagens profissionais e multicoloridas não há garantia. Portanto, quem está pensando em remover tatuagens deve sempre levar em consideração a chance de não conseguir removê-las completamente. E, para quem for se submeter a uma tatuagem em área exposta ou que exista risco de arrependimento, é mais adequado optar pela tatuagem negra, mais fácil de ser removida.

Fonte: https://www.sbd.org.br

Fale Conosco

Disponibilizamos vários canais de comunicação para sua comodidade. Você pode agendar diretamente sua consulta acessando o botão “Agende sua consulta” ao lado direto da barra de menu.

Newsletter